Zaitt e a tecnologia para criar a loja do futuro

Inteligência artificial para proporcionar uma experiência de consumo sem funcionários.

É de praxe chegarmos no supermercado e termos no máximo uma porta automática que nos separam da área interna desses estabelecimentos. É de praxe também que os carrinhos e cestas sejam conduzidos por nós até um caixa para efetuarmos uma compra.

Esse é o comportamento padrão que acontece em lojas e mercados pelo Brasil adentro. Ou melhor, acontecia até a Zaitt inaugurar o primeiro mercado autônomo, em Vitória, no Espírito Santo, no final de 2017; e que agora, chegou na capital paulista, em um modelo mais sofisticado, que se assemelha a um dos negócios da Amazon, a Amazon Go.

Diferentemente da unidade de Vitória, o mercado em São Paulo possui produtos que vão além de uma loja de conveniência tradicional. Também 24h por dia, mas com o dobro do tamanho, um design mais com cara de empório e que permite novos testes com mais consumidores. Inclusive, recentemente a startup fechou uma parceria com a rede francesa Carrefour, para ampliar seu leque de produtos, dar suporte logístico e de abastecimento na operação paulista. Até porque a empresa já tem previsto lançar mais 4 unidades na cidade.

WhatsApp Image 2019-03-21 at 18.43.20 (1)
Jotapê | Zaitt

Experiência de compra

Não espere que uma porta se abra automaticamente quando chegar à loja da Zaitt. Não a primeira vez. Para que isso aconteça, é preciso fazer um cadastro antes, baixando seu aplicativo e preencher nome, CPF e tirar uma selfie. Ainda por meio do app, o segundo passo é scanear o QR code para abrir a primeira porta da loja.

Depois disso, você irá conhecer o sistema de reconhecimento facial deles, que além de permitir que entre no local, validará também sua saída.

Mas como pagar pelos produtos escolhidos?

Como o mercado não possui funcionários, tudo é feito por você, com tecnologias nos moldes de ‘scan&go’. Por isso, você terá que se posicionar na frente do sensor de saída para a identificação que permitirá abrir uma porta de vidro. A ferramenta RFID (Radio Frequency Identification), diferente do que ainda acontece na primeira unidade, em Vitória, a loja de São Paulo possui um sistema de sensores que reconhece o que está sendo levado.

Captura de Tela 2019-04-01 às 16.56.14
Zotapê | Zaitt

O RFID identifica todos os itens colocados na sacola, que serão listados em uma tela. Depois de checar se está tudo de acordo, você deve confirmar a operação e o valor será lançado diretamente no cartão de crédito cadastrado no aplicativo. Nesse momento, é liberada a passagem por uma segunda porta de vidro, para você deixar o estabelecimento.

Pronto. Sua compra está feita. Sem filas, sem caixas e sem funcionários. Mas com a certeza de que você acabou de vivenciar uma nova experiência de compra no ponto físico. E que essa experiência pode servir para inspirar diversos tipos de mercados e formatos de lojas, até mesmo as popups.

WhatsApp Image 2019-03-21 at 18.43.47
Jotapê | Zaitt

____________

Junte-se ao time de marcas que apostam em ações e lojas popups com o intuito de oferecer experiências personalizadas aos seus consumidores. CLIQUE AQUI E ENCONTRE O SEU ESPAÇO!

 

Deixe uma resposta